tentativa de cantar a musa

01:09



renovar a linguagem através dos cabelos
mexer os quadris e arriscar a rima
o dadaísmo dessas feições de selva
todo senso comum entranhado nos hormônios
curvas principais puxando um segredo maníaco
atrás de sua figura puritana a madame dos sonhos
brancos e semânticos o expressionismo da mão
fina o simbolismo da pupila os cílios essas
aranhas embriagadas sabonete rítmico esfregando
o adjetivo tímido da página inscrito bem no seu gemido
rebuscado o verbo anacrônico fugindo espantado do modernismo
de seus passos de dança a lisura de suas coxas desajeitadas
ignorando se abab aabb importam quando os contornos leves
se destacam da fumaça e a palavra perde seu significante
significando mais que isso um arfar silvestre pingo de suor
escorrido do nariz altamente erudito.

_Gabriel Resende Santos_

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images