um pouco de descanso

16:11




alguém diz, sussurradamente,
que o mundo desistiu
caiu fora, sem problema
desista sempre que quiser
mas ceda o lugar aos
outros planetas, o
lugar privilegiado ao
redor da meia-noite

quantas pessoas no mundo
quantos mundos no mundo
quantos imundos no mundo têm
a sorte de conhecer a meia-noite,

inteira-noite, quem vem
cantar-te as coxas sombrias
em ênclises e metáforas,
drácula da pasta de dente
mordendo o antibiótico,
essas nuvens umas
grandes palhaças,
terra dois que
tal a vista daqui,
dá pra ver as mulheres se
matando, cacos de vidro
extremamente perigosos,
dá pra ver a grande barba
os piolhos carnívoros atrás
dos liliputianos, tudo
noturno, tudo feliz,

agora aproveitando a noite
podia cantar uma canção
ou melhor, borrá-la
para o amor de minha vida
com quem troquei um singelo oi
no sonho de anteontem, só que 
a noite está de novo noite demais
o mundo até tinha desistido
e resta rabiscar madeira em forma
de papel, fazer um fogo literal na literária
palavrinha, pergunto será que dá 
pra sonhar fora daqui
?


_Gabriel Resende Santos_


You Might Also Like

1 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images