explicar

19:55



Borboletas furiosas
invadem minha privacidade: extrair segredos
que souberam das folhas.

Peço que saiam. Com delicadeza.
Mas elas me fuzilam: o que significa essa di agr ama ção
essa TIPOGRAFIA
essa questão metalinguística:
explica o poema fora do poema
explica a lagartixa o tigre o grifo
explica os segredos do fracasso.

Atiro uma receita de remédio
para os problemas de fibra
e acerto o coração lepidóptero. Ela pousa
meio trêmula

azulada

não pela morte
mas por uma pálida ignorância.


Os segredos eu não conto
para nenhuma fúria.
No máximo aponto - sem autocalúnia -
o que me redescrevo.


_Gabriel Resende Santos_

You Might Also Like

1 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images